Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

GTranslate

pten

Opções de acessibilidade

 
Início do conteúdo da página

Em clima de descontração, Jogos Unifesspa promovem integração de servidores e alunos

Publicado: Quarta, 30 de Outubro de 2019, 14h42 | Última atualização em Quarta, 30 de Outubro de 2019, 14h58 | Acessos: 117

Veículo: Correio de Carajas

Data: 28 de outubro de 2019

Link da Matéria: https://correiodecarajas.com.br/em-clima-de-descontracao-jogos-unifesspa-promovem-integracao-de-servidores-e-alunos/

jogos-unifesspa-1-720x375.jpeg

Durante os últimos seis dias, estudantes, professores, técnicos administrativos e colaboradores terceirizados da Universidade Federal do Sul e do Pará (Unifesspa) deixaram de lado as hierarquias e tornaram-se um só time: esportistas dos Jogos Unifesspa 2019, realizados em Marabá.

O clima amistoso e de descontração entre a comunidade universitária foi uma das grandes marcas desta edição, que reuniu mais de 700 atletas, nas disputas de 16 modalidades esportivas, além de eufóricas torcidas organizadas, que prestigiaram o evento.

Para além das disputas por troféus e medalhas, os Jogos Unifesspa buscam promover um saudável ambiente de integração entre cursos e servidores da Unifesspa, demonstrando que a vida universitária não envolve somente atividades de ensino nas salas de aulas.   

“Essa integração é muito positiva para a universidade. Pois, antes de sermos professores e alunos, somos pessoas que convivem diariamente. Assim, essa integração promovida pelo esporte é importante para que o dia a dia seja saudável dentro e fora de sala de aula”, destacou o professor do curso de Ciências Biológicas, Diogenes Siqueira.


O professor participou das competições do futsal masculino, integrando uma atlética, organização constituída por alunos com o objetivo da prática e a realização de competições esportivas. A “Sistemáticos”, da qual o professor faz parte, foi campeã da categoria, em uma final emocionante, realizada no final da tarde de ontem (27), no Ginásio Municipal.

Apesar do clima competição, comum durante os jogos, as atléticas e jogadores conseguiram manter uma boa integração entre si. É o que afirma o estudante do curso de Jornalismo, Hugo Costaneira, do campus da Unifesspa em Rondon do Pará.

“Jogamos, por exemplo, contra técnicos, com muito respeito não apenas pela posição que ocupam, mas por entender que, a partir do momento que você entra em campo, todos são igualmente atletas, querendo jogar e vencer”, afirmou o estudante.

Hugo participou como técnico de vôlei de praia, xadrez e truco. Além disso, jogou futsal pela atlética “Dinastia”, formada por alunos dos cursos de Jornalismo, Ciências Contábeis e Administração do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA), de Rondon do Pará. (Fonte: Unifesspa)

0
0
0
s2sdefault
registrado em:
Fim do conteúdo da página