Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

GTranslate

pten

Opções de acessibilidade

 
Início do conteúdo da página

Em meio à crise, Unifesspa forma primeira turma de Psicologia

Publicado: Terça, 03 de Setembro de 2019, 10h55 | Última atualização em Terça, 03 de Setembro de 2019, 10h55 | Acessos: 378

Veículo: Correio de Carajás

Data: 29 de agosto de 2019

Link da Matéria:https://correiodecarajas.com.br/em-meio-a-crise-unifesspa-forma-primeira-turma-de-psicologia/

EDITADA 1

Na tarde desta quinta-feira, 29, Marabá recebeu cinco novos psicólogos graduados pela Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa). É a primeira turma do curso a concluir a graduação em uma cerimônia ocorrida no Auditório da Unidade III, localizada no Bairro Cidade Jardim. Na ocasião também colaram grau os cursos de Ciências Biológicas e Saúde Coletiva.

Thiago Costa é um dos novos psicólogos que saem da universidade prontos para atuarem no mercado de trabalho e ele conta um pouco da sua trajetória no curso. “Foi desafiador cursar Psicologia na Unifesspa porque é um curso novo na instituição, no começo os recursos eram limitados se comparado a hoje, mas nós (alunos) e os professores fomos nos esforçando para melhorar. Me sinto muito feliz em – além de estar formando – ver que as novas turmas dão continuidade ao legado que deixamos”, orgulha-se Thiago.

A coordenadora do curso de Psicologia, Profa. Lúcia Cavalcante, destacou que os novos profissionais são um retorno da instituição para a sociedade, em sua função social, já que “eles são formados com o dinheiro público e esperamos que venham a preencher todas as carências que o município tem desses profissionais. Um deles realizou a colação de grau em gabinete por ter sido aprovado em um concurso público municipal e já está aí atuando na área. Então, são seis formandos da turma – que iniciou com 13 alunos – porém aqui, hoje, estão colando grau os cinco”, explica a coordenadora.

Possibilidade de fechar?

A Unifesspa passa por um delicado momento devido à manutenção do contingenciamento no

No total, a instituição possui atualmente 700 servidores, entre professores e técnicos, 6 mil estudantes, e 42 cursos de graduação. (Zeus Bandeira)

seu orçamento – decretado pelo Governo Federal – que fez com que cortes drásticos fossem autorizados pelo seu Conselho Superior em serviços como energia, limpeza e vigilância.

O Correio de Carajás procurou a vice-reitora da Unifesspa, Profa. Idelma Santiago, que estava presente na cerimônia de formatura para ouvir mais sobre os impactos da escassez de recursos para a instituição. “É muito triste, pois nós cumprimos o nosso papel realizando as aulas, as pesquisas, a extensão e infelizmente se até o dia 16 de setembro o nosso orçamento não for desbloqueado, teremos – por obrigação – que avisar às empresas que prestam serviços para nós, sobre a suspensão dos contratos a partir do dia 1º de outubro, por não termos mais orçamento para empenhar gastos desde essa data”, lamenta a vice-reitora da Unifesspa.

 

0
0
0
s2sdefault
registrado em:
Fim do conteúdo da página