Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

GTranslate

pten

Opções de acessibilidade

 
Início do conteúdo da página

Câmara de Marabá vai debater impacto social dos 6 anos de Unifesspa na região

Publicado: Terça, 11 de Junho de 2019, 09h18 | Última atualização em Quinta, 27 de Junho de 2019, 09h33 | Acessos: 374

Veículo: Correio de Carajás

Data: 13 de junho de 2019

Link da Matéria:https://correiodecarajas.com.br/professores-da-unifesspa-apresentam-estudo-sobre-impacto-do-despejo-do-dalcidio-jurandir/

Unifesspa 2 3

 

A Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) vai apresentar à sociedade, no próximo dia 18, na Câmara dos Vereadores, um balanço social dos seus seis anos de existência. A ideia é expor e debater dados relativos à atuação da Unifesspa, demonstrando como ela tem impactado e contribuído com o desenvolvimento da região.

Na oportunidade, serão apresentados os desafios da instituição frente ao atual quadro de restrições orçamentárias, imposto pelo Ministério da Educação (MEC), que atinge as universidades públicas federais em todo o país. Para a Unifesspa, esses bloqueios são ainda mais graves tendo em vista que ela ainda está em processo de consolidação.

O reitor também irá mostrar aos vereadores e sociedade presente, as medidas que estão sendo tomadas pela Administração Superior para viabilizar o funcionamento da Unifesspa. Entre elas, a aprovação do planejamento emergencial, já aprovado pelo Conselho Superior de Administração (Consad), que cancela quase 200 ações previstas no planejamento original para 2019.

A participação da Unifesspa nessa sessão ordinária é resultado da articulação da Administração Superior da universidade com apoio do presidente da Comissão de Educação, Cultura, Desporto e Meio Ambiente da Câmara Municipal de Marabá, vereador Marcelo Alves.

O pedido foi oficializado na última segunda-feira (3), em reunião realizada no Gabinete da Reitoria, em Marabá. Participaram do encontro, o reitor da Unifesspa, prof. Dr. Maurílio de Abreu Monteiro, o vereador Marcelo Alves, o ex vice-prefeito de Marabá, Luíz Carlos Pies e o professor José Otávio Magno Pires.

Para o presidente da Comissão de Educação na Câmara, o vereador Marcelo Alves, o atual momento de crise da educação requer engajamento de toda a sociedade e os representantes do legislativo cumprem importante papel. “A expectativa é debater e mostrar o que a Unifesspa já fez durante esses anos, os impactos financeiros e sociais, e as perspectivas de como as universidades vão sobreviver com esses cortes”, declarou o vereador Marcelo Alves. (Ascom/Unifesspa)

0
0
0
s2sdefault
registrado em:
Fim do conteúdo da página