Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

GTranslate

pten

Opções de acessibilidade

 
Início do conteúdo da página

Saúde: com peça teatral e palestra, sms abre campanha de combate à Leishmaniose

Publicado: Segunda, 29 de Outubro de 2018, 18h37 | Última atualização em Segunda, 29 de Outubro de 2018, 18h39 | Acessos: 63

 

saudeA plateia formada por agentes de endemias, estudantes, enfermeiros e a diretoria da vigilância em saúde, acompanhou atenta às atividades do lançamento da campanha de combate a leishmaniose em Marabá, no plenarinho da Câmara de Vereadores, na manhã desta terça-feira (23).

Na programação de abertura, os servidores foram informados da importância da campanha na vida das pessoas, a partir de palestras e atividades lúdicas, como uma apresentação teatral realizadas pelos acadêmicos da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) e d

a Universidade Esatual do Pará (Uepa), que mostrou a necessidade de as famílias conhecerem os perigos que a falta de higiene e os cuidados com animais domésticos podem trazer.

Amadeu Moreira, coordenador de vigilância ambiental e endêmica, disse que as ações de combate a leishmaniose vem sendo realizadas desde agosto deste ano. Segundo ele, houve redução de casos, mas a população precisa estar atenta e fazendo sua parte para evitar o aumento dos mosquitos portadores do parasita. “A campanha vai focar nas escolas conscientizando os alunos, mas a dona de casa também deve saber como evitar o mosquito palha, que é o transmissor da doença, muito cuidado com o galinheiro, criação de porcos em área urbana e também com os cães, a vigilância deve ser continuada”, explica.


Estudantes das Unifesspa e Uepa participaram da abertura da campanha
A campanha vai ser intensificada junto aos alunos da rede pública municipal, pela equipe da diretoria de vigilância em saúde em apoio aos acadêmicos das Universidades, idealizadores do projeto, com a apresentação do teatro nas escolas, explicando os cuidados que todos devem ter para evitar a proliferação do mosquito transmissor da doença.

A programação de apresentação acontece quarta, quinta e sexta nas escolas Irmã Theodora no bairro da Liberdade, uma Escola do bairro São Félix, a definir, e na sexta será na escola José Mendonça Vergolino na Marabá Pioneira. A Secretaria de Saúde ressalta e agradece a participação das Universidades no projeto de combate à Leishmaniose no município.

Para a enfermeira Fernanda Miranda, diretora de vigilância em saúde, há uma preocupação em relação a proliferação do mosquito, pois o inseto se adapta bem ao clima amazônico e o combate ao seu foco se torna algo imprescindível nesta campanha. Segundo ela, o objetivo é evitar o contágio nos humanos e cães, e faz um alerta à população. “Aos primeiros sintomas, como febre recorrente, distensão abdominal e perda de apetite, a pessoa deve procurar imediatamente uma unidade de saúde para exames. Se diagnosticado, iniciar rapidamente o tratamento”, conclui.

Além as escolas, a campanha também será realizada pelos agentes de endemias nas visitas de casa em casa, orientando as pessoas quanto à limpeza dos quintais evitando o acúmulo de lixo e recipientes de água que podem ser locais de reprodução do mosquito.

 

2SAUDE

link:http://maraba.pa.gov.br/saude-com-peca-teatral-e-palestra-sms-abre-campanha-de-combate-a-leishmaniose/ 

0
0
0
s2sdefault
registrado em:
Fim do conteúdo da página