Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

GTranslate

pten

Opções de acessibilidade

 
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Unifesspa tem proposta de R$ 3,6 milhões aprovada no PROINFRA 2021

  • Publicado: Sexta, 29 de Julho de 2022, 16h37
  • Última atualização em Segunda, 01 de Agosto de 2022, 11h42
  • Acessos: 288

equipamentoproinfra2022A Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) teve uma proposta selecionada por meio da Chamada Pública do Proinfra 2021, uma das seleções mais tradicionais e importantes da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos) ligada ao Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação. 

A seleção lançada em 2021 tinha o objetivo de escolher propostas para o apoio financeiro à aquisição de equipamentos multiusuários. A proposta da Unifesspa selecionada foi a “Implantação de espectrômetro de fluorescência de raios X por dispersão de comprimento de onda no Laboratório Multiusuário de Microanálise em Materiais”, sob a coordenação do professor Adriano Rabelo, do Instituto de Geociências e Engenharias (IGE) da Unifesspa.

O valor a ser recebido pela Finep é de pouco mais R$ 3,6 milhões, um dos maiores já recebidos pela Unifesspa em editais externos, e será usado para aquisição de equipamentos que auxiliarão no desenvolvimento de pesquisas na Universidade, conforme informado pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Propit).

“Estamos muito felizes com o êxito da proposta institucional nessa chamada, ainda mais considerando o contexto de constantes cortes orçamentários das universidades. Desde o diagnóstico institucional apresentado na nossa proposta informamos quem nós somos, a Unifesspa é uma universidade jovem e esse fortalecimento da nossa infraestrutura é essencial para a pesquisa. Temos muitos (as) pesquisadores (as) competentes atentos (as) às necessidades da região em que estamos inseridos", explica a profa. Dra. Anaiane Souza, diretora de Pesquisa e Inovação Tecnológica. 

Ainda de acordo com a diretora, o projeto selecionado destina-se à expansão do Laboratório Multiusuário de Microanálise em Materiais, visando instrumentação para análise química de alta sensibilidade e precisão. “Os impactos esperados com essa melhoria da infraestrutura vão desde pesquisas básicas ou aplicadas até a prestação de serviços especializados na caracterização de minerais, materiais, insumos e amostras diversas. A etapa que estamos agora é a de contratação e repasse dos recursos juntamente com a Fundação de Apoio à Pesquisa de Goiás, que tem nos auxiliado bastante desde o momento de submissão da proposta”, explica.

No total, mais de 170 projetos foram aprovados em todo o país. Confira aqui a lista de selecionados!

registrado em:
Fim do conteúdo da página