Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

GTranslate

pten

Opções de acessibilidade

 
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Recursos garantidos: Unidade II ganhará Restaurante Universitário

  • Publicado: Sexta, 09 de Outubro de 2020, 20h18
  • Última atualização em Terça, 20 de Outubro de 2020, 08h54
  • Acessos: 1232

IMG 4470A comunidade acadêmica da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) receberá mais um Restaurante Universitário. Desta vez, o espaço será construído no Unidade II do campus Marabá. O projeto recebeu uma emenda parlamentar de R$400 mil, por meio do Deputado Federal, Airton Faleiro (PT). Na tarde desta sexta-feira (9), o deputado esteve presente na cidade universitária, em Marabá, onde se reuniu com o reitor da Unifesspa, Prof. Dr. Francisco Ribeiro.

Os restaurantes universitários são demandas históricas, principalmente dos estudantes da Universidade. Para o reitor da Unifesspa, oferecer a alimentação à comunidade é, em última instância, uma garantia de manutenção dos alunos e de diminuição da evasão. 

“A alimentação é uma das principais demandas dos estudantes e das outras categorias da nossa comunidade acadêmica. Tendo em vista que a maioria das nossas alunas e dos nossos alunos ocupam a faixa de renda considerada baixa, poder se alimentar com o apoio da universidade vem a ser um importante subsídio para a manutenção da vida, da qualidade de vida das pessoas”, afirma o professor Francisco Ribeiro.

O deputado Airton Faleiro, que já coordenou a Frente Parlamentar em Defesa do Ensino Superior no Pará, quando era deputado estadual, destacou a importância da Unifesspa para o estado do Pará e o contexto de cortes orçamentais das universidades federais. “Ao chegar na Câmara Federal, observamos que as universidades estão tendo perdas com cortes de recursos. Uma ofensiva para tentar desmoralizar a universidade perante a opinião pública. Isso significa que haverá menos espaço no ensino superior para os filhos da classe trabalhadora. Nossa avaliação é de que precisamos efetivar esse apoio. Claro que os recursos de emenda não resolvem o problema, mas ajudam. E a Unifesspa é fundamental para nosso estado, é vigorosa do ponto de vista de agregar estudantes, técnicos e professores”. Além desta emenda, o deputado já destinou mais R$100 mil para o projeto “Narrativas Amazônicas: formação, produção e difusão de audiovisual”.

Com os recursos já empenhados, ou seja, reservados para a construção do RU, a previsão é que as obras durem cerca de 12 meses. “O novo restaurante vai funcionar de maneira integrada com o RU da cidade Universitária. A cozinha industrial, que fica na cidade universitária, fornecerá o alimento para a Unidade II. Todo dia haverá transporte de alimentos entre todas as unidades”, explica o Secretário de Infraestrutura da Unifesspa, Lucas França Rolim. Estudos para a implantação de um RU na Unidade I também já estão sendo realizados.

IMG 4484Ainda de acordo com o prof. Francisco Ribeiro, convênios com a bancada parlamentar do Pará em Brasília são as principais formas de garantir o crescimento da Universidade. “As emendas estão sendo fundamentais para nossas atividades, uma vez que isso deve fazer com que a gente consiga crescer. Se conseguirmos todas as emendas que estamos articulando, nossa expectativa é positiva em relação ao crescimento, em 2021”, conclui o reitor.

Com as estruturas físicas garantidas, os próximos passos são o planejamento e a execução propriamente dita do serviço dos restaurantes universitários. Essas etapas e outros detalhes sobre a oferta e composição das refeições, por exemplo, já estão em estudo entre diversos setores da Administração Superior, por meio de uma equipe multidisciplinar coordenada pela nutricionista Bianca Cabral, Chefe do Departamento de Gestão dos Espaços de Alimentação da Unifesspa.

RU da Unidade III

As obras do RU da cidade universitária já estão avançadas. Cerca de 92% das instalações estão concluídas. Segundo a Sinfra, a área total é de 935,92 m², com capacidade para produção de duas mil refeições por dia. O refeitório terá uma área de 314m², será climatizado e poderá atender 252 pessoas sentadas.

0
0
0
s2sdefault
registrado em:
Fim do conteúdo da página