Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

GTranslate

pten

Opções de acessibilidade

 
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Comitê de Monitoramento: Pesquisadores da Unifesspa lançam relatório com panorama da Covid-19 na região

  • Publicado: Quarta, 30 de Setembro de 2020, 10h49
  • Última atualização em Quarta, 30 de Setembro de 2020, 11h28
  • Acessos: 933

relatorio capaFornecer informações e análises que ajudem os entes públicos na tomada de decisões no combate à Covid-19. Esse é um dos objetivos do Relatório Técnico produzido pesquisadores da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), que integram o Comitê Científico de Monitoramento da Covid-19.

A publicação mensal traz um panorama sobre a Covid-19 no Sul e Sudeste do Pará, com foco nas cinco cidades onde há campus da Unifesspa: Marabá, Rondon do Pará, Xinguara, São Félix do Xingu e Santana do Araguaia, sem desconsiderar a conexão com dados de alcance mais amplo.

Nesta semana, foi lançada a terceira edição do relatório, com dados referentes ao mês de agosto (semanas epidemiológicas 36, 37, 38 e 39). A publicação mostra que Marabá e Rondon do Pará apresentam a maior taxa de mortalidade entre os municípios analisados. Observa, ainda, o aumento na média do número de casos e óbitos, em todos os cinco municípios. Para acessar o documento, na íntegra, clique aqui.

Com o lançamento desse novo produto, a sociedade e os agentes públicos envolvidos no combate à pandemia vão contar com informações científicas sólidas, capazes de ajudar a entender, planejar e tomar decisões em resposta ao cenário epidemiológico da doença na região.

“O relatório reúne dados do mês anterior a sua publicação, apresentando análises estatísticas e de forma panorâmica. Também compara as informações dos meses anteriores para, assim, traçar o perfil epidemiológico de cada um desses municípios. Com isso, busca subsidiar ações de enfrentamento ao novo coronavírus, tanto do poder público, quanto dos órgãos de fiscalização”, explica a professora Janine Bargas, membro do Comitê de Monitoramento.  

Segundo a pesquisadora, além de análises científicas consistentes, o objetivo desse produto é fornecer pareceres e recomendações específicas, baseadas no processamento das informações levantadas. “Os relatórios não só apresentam, mas dão uma análise interpretativa dos dados. Fazemos recomendações explícitas aos gestores públicos ou órgãos de fiscalização, como o Ministério Público, por exemplo, sobre o que fazer com base no que os dados mostram”, afirma.

graficoÉ com base nos dados publicados pela Secretaria de Estado da Saúde do Pará (SESPA) e Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (SEGUP), que a equipe transdisciplinar de pesquisadores organiza e sistematiza as informações do relatório.

Para auxiliar nas análises, também são utilizadas outras fontes de dados, a exemplo do IBGE e do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Essas informações ajudam na interpretação da vulnerabilidade social dos municípios e condicionantes/determinantes sociais diante da pandemia.

Este é o segundo serviço que o Comitê de Monitoramento disponibiliza a sociedade e ao poder público. Semanalmente, também é divulgado um informativo com dados sobre casos confirmados e óbitos por Covid-19, além da taxa de isolamento social, nas cinco cidades com campus da Unifesspa. No total, já foram publicados, até agora, 16 edições do informativo, que podem ser conferidas aqui.

Compõem o Comitê os professores: Ana Cristina Campos (IESB) - Coordenadora e Analista em Epidemiologia e Estatística; Carlos Podalirio (IESB) - Analista em Epidemiologia e Saúde Pública; Giliad Silva (IEDAR) - Analista Econômico e de Políticas Públicas; Janine Bargas (ICSA) - Analista em Comunicação; Elaine Javorski (ICSA) - Analista em Comunicação;  Victor Oliveira (IETU) - Analista de Levantamento e Sistematização de dados; Daniel Justi (IETU) - Analista de Levantamento e Sistematização de dados; Marcus Vinicius Mariano (ICH) Analista em Modelagem Geográfica e Espacial; Abraao Mascarenhas (ICH) - Analista em Modelagem Geográfica e Espacial; Maria Rita Vidal (ICH) - Analista em Modelagem Geográfica e Espacial.

Unifesspa no combate à Covid-19

Desde o início da pandemia no país, a Unifesspa tem atuado no sentido de entender os desdobramentos e colaborar com orientações científicas à sociedade e setores envolvidos no combate a essa grave emergência de saúde pública. Em março, foi instituído um Comitê de Acompanhamento, responsável avaliar e definir as medidas adotadas pela Instituição no combate à proliferação da doença. Uma das primeiras providências foi a suspensão de atividades presenciais, em todos os campi da Unifesspa.

comitê monitomarentoNesse período, foi criado um painel com contribuições científicas de pesquisadores da Instituição. A plataforma recebe trabalhos, das diversas áreas do conhecimento, que envolvam diferentes perspectivas epistemológicas e análises, para ajudar a compreender os atuais desafios. 

Também foram destaques a produção de Equipamentos de Proteção Individuais (EPI’s), doados para profissionais que atuam na linha de frente no combate à pandemia, e a prestação do serviço de escuta psicológica, para alunos e servidores da Unifesspa, além de profissionais da saúde e da imprensa local.

Em junho, foi instituído o Comitê de Monitoramento da Covid-19. Desde então, toda semana, os pesquisadores se reúnem, de forma remota, para elaboração de boletins informativos, emitidos sempre às terças-feiras (quando os dados oficiais estão já disponíveis e analisados pela equipe), bem como um relatório mensal.

0
0
0
s2sdefault
registrado em:
Fim do conteúdo da página