Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

GTranslate

pten

Opções de acessibilidade

 
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Mais de 120 trabalhos científicos são apresentados durante a II Mocisspa

  • Publicado: Quinta, 07 de Novembro de 2019, 10h49
  • Última atualização em Quinta, 07 de Novembro de 2019, 21h45
  • Acessos: 345

Abertura MocisspaCento e vinte trabalhos foram apresentados durante a II Mostra Científica do Sul e Sudeste do Pará (Mocisspa), que teve abertura oficial da II Mostra Científica do Sul e Sudeste do Pará (Mocisspa) foi realizada na manhã desta quarta-feira (06), no Centro de Convenções Carajás, no bairro Nova Marabá.

Organizada pelo Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (PPGECM/Unifesspa), a II Mocisspa visa contribuir de forma significativa para o desenvolvimento científico e tecnológico e inovação da região sul e sudeste do Pará, bem como para o uso do conhecimento científico como mecanismo de empoderamento e transformação social.

A vice-reitora, Idelma Santiago abriu oficialmente o evento parabenizando a todos pelo engajamento e contribuição significativa com a ciência para a região sul e sudeste do estado. "A Mocisspa tem incentivado os alunos na iniciação científica na educação básica, mostrando a pesquisa como uma estratégia educativa. O evento aproxima e fortalece o relacionamento da Unifesspa com a escolas da educação básica. Parabenizo a participação expressiva de estudantes e professores de todas as instituições educacionais engajados em refletir sobre as práticas educativas ambientais, de saúde e, sobretudo de inclusão, num processo contínuo de formação crítica que a ciência possibilita. É muito bonito mostrar o que nós produzimos em nossas instituições", destacou.

Foram realizadas diversas oficinas, rodas de conversas, exposição de práticas de pintura corporal das etnias Aikewara, Xincrin e Gavião, além da apresentação do trabalho desenvolvido no Clube de Astronomia da Unifesspa.II Mocisspa 7

Mais de 2 mil pessoas passaram pela II Mocisspa no Centro de Convenções de Carajás. Cerca de 50 avaliadores (tanto da comunidade interna quanto externa) estiveram visitando os estandes e dando notas aos trabalhos e projetos apresentados durante a Mostra Científica. O evento foi encerrado às 18 horas, com a entrega das premiações.

"É uma satisfação muito grande para gente esse impacto que a Mocisspa está causando, mesmo ela sendo um evento recente; nós ainda estamos na segunda edição. Nossa proposta é um evento de nível estadual e estamos felizes tendo em vista que a procura das escolas este ano foi bem maior do que a do ano passado. Em 2018 tivemos uma participação maior da graduação e menor do ensino fundamental. Nesta edição, a procura dos alunos do ensino fundamental foi superior aos da graduação. É onde a gente quer realmente chegar. Nossa satisfação também foi ter encaminhado alunos premiados o ano passado para outras feiras, e essa feira que recebeu vai mandar alunos premiados para gente no ano que vem. Conseguimos fazer também o credenciamento de alunos para participação em eventos científicos em outros países. Essa é uma das propostas do Mestrado - impactar positivamente a educação básica", destacou o coordenador do PPGECM, Ronaldo Ripardo.

O coordenador disse ainda que há uma equipe que trabalha ao longo do ano auxiliando as escolas, promovendo formação aos professores, além de ouvir as experiências e necessidades a fim de dar um suporte a eles sobre como orientar a vocação científica e tecnológica dos alunos, por meio de atividades que se caracterizem com a metodologia científica, e, isso, tem despertado o interesse dos alunos para desenvolverem projetos científicos. "Nós estamos impactando, de fato, no aprendizado e postura do aluno. A nossa perspectiva é de que tenhamos mais cientistas produzindo conhecimento, a começar pela educação básica", argumentou.

Presenças

Na II Mocisspa estiveram presentes alunos de instituições educacionais de Marabá, Redenção, Canaã dos Carajás, Jacundá, Novo Repartimento, Bom Jesus do Tocantins, Araguaína - TO, além de Brasília - DF.

Premiação

II Mocisspa 10Os projetos premiados e os classificados, por categoria, receberão: uma bolsa de Iniciação Científica Júnior do CNPQ para alunos de projeto classificado em 1º lugar nas categorias ensino fundamental, ensino médio e ensino técnico-profissionalizante, em todas as áreas do notícia; medalhas para alunos de projetos classificados em 1º, 2º e 3º lugar por categorias e áreas do conhecimento; um troféu para a instituição (escola, instituto, faculdade etc.) de projetos classificados em 1º lugar por categorias e áreas do conhecimento, além de certificado de menção honrosa para alunos de projetos classificados do 4º ao 6º lugar por categorias e áreas do conhecimento.

Os projetos selecionados como destaque receberão: bolsa de iniciação científica júnior do CNPQ; credencial para participação em feira científica nacional; credencial para participação em feira científica internacional realizada no Brasil e credencial para participação em feira científica internacional realizadas em outros países, como Londres, por exemplo, além de bolsas para participação em cursos técnicos e de idiomas.II Mocisspa 5

0
0
0
s2sdefault
registrado em:
Fim do conteúdo da página