Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

GTranslate

pten

Opções de acessibilidade

 
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Unifesspa inicia obras de infraestrutura e segurança na Unidade I

  • Publicado: Terça, 16 de Abril de 2019, 17h01
  • Última atualização em Quinta, 25 de Abril de 2019, 11h56
  • Acessos: 575

1

O Instituto de Ciências Humanas (ICH) da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) vai contar, em breve, com um novo prédio para atividades da Faculdade de Ciências Sociais do Araguaia-Tocantins (Facsat). A assinatura do contrato para execução da obra ocorreu ontem (15), no Gabinete da Reitoria, em Marabá, com a presença de integrantes da Administração Superior e do Instituto.

Com investimento de R$ 130 mil, o prédio terá com uma área total 82 m². A nova estrutura será dividida em três ambientes: um laboratório de produção e consulta; sala de reuniões; sala de estudos, com dez cabines individuais. A empresa responsável pela execução da obra é a Paralimp Serviços Eireli, que deverá entregar o prédio no prazo de seis meses.

O projeto foi desenvolvido pela equipe da Secretaria de Infraestrutura (Sinfra) da Unifesspa, atendendo as orientações e recomendações dos professores da Facsat. Segundo a arquiteta da Unifesspa, Bruna Covre, “a estrutura foi pensada de maneira a racionalizar o espaço, garantindo acessibilidade, conforto e eficiência energética”.

Assinatura Unid1 0037Na ocasião, o reitor falou sobre o andamento da implantação do sistema de hidrantes na Unidade I, que também irá beneficiar o ICH e demais institutos. Orçada em, aproximadamente, R$ 183 mil, a obra teve início na primeira semana de abril e trará mais segurança para comunidade acadêmica, atendendo as normas exigidas em lei pelos órgãos competentes.

O reitor também comunicou sobre o resultado da licitação para a utilização do espaço de convivência Tapiri. A expectativa é que o concessionário inicie a venda de alimentos nos próximos dias, após cumprida todas as etapas licitatórias.

“Estamos empenhando esforços para organizar as demandas e prioridades. O diálogo e transparência são fundamentais para enfrentar esse momento de graves restrições orçamentárias”, ressaltou o reitor da Unifesspa.

Segundo Monteiro, mesmo com atual cenário de cortes dos recursos federais, que atingem as universidades em todo o país, a Administração Superior tem buscado alternativas para minimizar os impactos financeiros, garantindo a consolidação da Unifesspa na região.

0
0
0
s2sdefault
registrado em:
Fim do conteúdo da página