Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

GTranslate

pten

Opções de acessibilidade

 
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

IESB e Administração Superior discutem demandas em mais uma edição do "Unifesspa de Todos Nós"

  • Publicado: Segunda, 15 de Abril de 2019, 11h23
  • Última atualização em Segunda, 15 de Abril de 2019, 15h27
  • Acessos: 91

DSC 0062

Em mais uma edição do programa institucional “Unifesspa de Todos Nós”, a comunidade acadêmica do Instituto de Estudos em Saúde e Biológicas (IESB) e Administração Superior da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) reuniram-se no último dia 12, no auditório da Unidade III, em Marabá, para debater, coletivamente, questões e encaminhamentos relacionados às atividades realizadas no Instituto.

O encontro teve início com uma apresentação do reitor da Unifesspa, prof. Maurílio de Abreu Monteiro, acerca do quadro orçamentário que a Instituição atravessa. O reitor explicou os possíveis impactos do contingenciamento de recursos, imposto pelo governo, que está estimado em, aproximadamente, 11 milhões de reais.

A restrição orçamentária vai de encontro ao crescimento que a Unifesspa tem tido nos últimos anos. Mesmo com o número de alunos aumentando para mais de 5.500, o orçamento destinado ao custeio de atividades (bolsas, energia, serviços de segurança e limpeza, etc) tem caído. Contudo, Monteiro destacou que “apesar do quadro adverso, a comunidade deverá conseguir, com união e diálogo democrático, soluções para essas questões”.

DSC 0075Na oportunidade, o reitor também falou sobre as instalações que o IESB terá no novo bloco de cinco pavimentos que está sendo construído na Unidade III. Previsto para ser entregue no início do segundo semestre, o “blocão” terá capacidade para atender mais de 1500 alunos de graduação e pós-graduação, além de contar com espaços administrativos e o centro de atendimento ao servidor.

Após as apresentações, foram abertas as inscrições para as perguntas da comunidade. Entre os principais pontos levantados, esteve a destinação de um espaço para ambulatório; instalação de tomadas; mais acessibilidade nos ônibus e prédios; recursos e formas de editais para viagens coletivas e individuais de alunos para congressos, entre outros.

0
0
0
s2sdefault
registrado em:
Fim do conteúdo da página