Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

GTranslate

pten

Opções de acessibilidade

 
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

4º FIA Cinefront: Festival homenageia cineastas e o ativista político Paulo Fonteles Filho

  • Publicado: Terça, 10 de Abril de 2018, 10h53
  • Última atualização em Quinta, 12 de Abril de 2018, 09h44
  • Acessos: 378

Em meados do século XX, quando a Amazônia se transformou num imenso cenário de ocupação territorial massiva, violenta e rápida, marcado por uma história de destruição, mas também com história de resistência, revolta, protesto, sonho, e etc, o cinema estava lá. As contradições e conflitos decorrentes da ocupação e “integração” da Amazônia ao projeto desenvolvimentista do país, iniciado no ano de 1960 com a ditadura militar, foram sendo tematizadas por inúmeras obras cinematográficas que tem ajudado a construir uma memória imagética sobre a história recente da região e da luta popular na fronteira amazônica.

É para a circulação e celebração dessas obras e aos debates que elas sugerem que a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) criou, em 2015, o Festival Internacional Amazônida de Cinema de Fronteira – FIA CINEFRONT. O Festival cresce a cada ano e, nesta 4ª edição, envolve onze cidades brasileiras, quatro estados como o Pará, Amapá, Tocantins e Santa Catarina, além de três países (Brasil, Peru e Alemanha).

Todo o festival acontece no período de 11 a 24 de abril – e em Marabá, a programação acontece de 12 a 19 de abril, com a primeira exibição no Cine Marrocos, às 19h, dos filmes Marias da Castanha (1987), Fronteira Carajás (1992) e Manu: essa História não é minha só (2018). Após exibição dos filmes, haverá o debate: Programa Grande Carajás, ontem e hoje, com a presença de Edna Castro (NAEA/UFPA).  Durante a programação do 4º FIA CINEFRONT serão exibidos 16 filmes entre curtas e longas metragens. Confira a programação completa do 4º Festival Internacional Amazônida de Cinema de Fronteira (FIA CINEFRONT).

O evento é idealizado e organizado pela Pró-reitoria de Extensão e Assuntos Estudantis da Unifesspa, por meio da Diretoria de Ação Intercultural (DAI/Proex).

Homenageados

Dois diretores serão homenageados – Luiz Arnaldo Campos e a Profª Edna Castro. O 4º Cinefront faz ainda uma justa homenagem a Paulo Fonteles Filho, a quem esta edição é dedicada. Paulinho foi um amigo da Unifesspa, um ativista político destacado na Região, com sua trajetória de vida dedicada em defesa dos direitos humanos. 

Destaque Cinefront Na programação do 4º Cinefront será realizada uma Oficina de Introdução ao Cinema Documentário, ministrada pela cineasta Júlia Mariano, realizada entre os dias 09 e 13 de abril, com o objetivo de capacitar pessoas da comunidade acadêmica da Unifesspa para a produção de cinema documentário.

Haverá ainda sessões em escolas públicas, na sala de Cinema do Sesc Marabá, nas Unidades da Unifesspa na cidade, nos campi do interior, na Aldeia Suruí Aikewara em São Geraldo do Araguaia e no Acampamento da Juventude sem-terra em Eldorado dos Carajás.

Os debates das sessões terão colaboração dos professores da Unifesspa, além dos diretores, produtores, representantes de movimentos sociais e associações envolvidas nas temáticas abordadas.

O cenário da quarta edição do festival é representado pela resistência, revolta, protesto, sonho: o registro imagético da história recente da região e da luta popular na fronteira amazônica.

O evento é uma realização da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), em parceria com a Pontifícia Universidade Católica do Peru (PUCP), o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), a Comissão Pastoral da Terra (CPT), a Fundação Cultural do Estado do Pará, o Curuwinsi Cine – Tarapoto Peru e a Tramateia Produções.

Para mais informações entrar em contato com a organização do evento, a Diretoria de Ação Intercultural da Proex, localizada na Unidade III, do Campus de Marabá (Loteamento Cidade Jardim), ou pelo telefone (94) 2101-7134.

 

Serviço:

4º Festival Internacional Amazônida de Cinema de Fronteira (FIA CINEFRONT).

Data: 11 a 20 de abril (Brasil)

12 a 19 de abril (Marabá)

15 de Abril (Alemanha)

18 a 24 de abril (Peru)

Locais: Sessões em escolas públicas, na sala de Cinema do Sesc Marabá, nas Unidades da Unifesspa na cidade, nos campi do interior, na Aldeia Suruí Aikewara em São Geraldo do Araguaia e no Acampamento da Juventude sem-terra em Eldorado dos Carajás.

 

0
0
0
s2sdefault
registrado em:
Fim do conteúdo da página