Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

GTranslate

pten

Opções de acessibilidade

 
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Unifesspa melhora qualidade da energia elétrica nos Campus de Marabá

Diretoria de Infraestrutura da Unifesspa instalou novo transformador de 225 KVA na Cidade Universitária, para garantir o funcionamento atual e futuro dos prédios.

  • Publicado: Segunda, 08 de Dezembro de 2014, 11h47
  • Última atualização em Quinta, 04 de Agosto de 2016, 11h59
  • Acessos: 1866

 

                    A Universidade Federal do Sul e do Sudeste do Pará (Unifesspa), em Marabá, concluiu a estruturação de seu sistema de distribuição interna de energia elétrica, com a instalação de um novo transformador de 225 KVA, localizado na subestação blindada do prédio do Campus III, também chamada de Cidade Universitária; e o deslocamento do antigo transformador para atender as necessidades do novo prédio do ILLA (Instituto de Linguística, Letras e Artes) que passará a funcionar também no Campus III. Atualmente o ILLA funciona no Campus I, em Marabá.

                     A avaliação do diretor de Infraestrutura da Unifesspa, Manoel Diniz Peres é que os dois transformadores são capazes de garantir o pleno funcionamento dos prédios já instalados na Cidade Universitária, que estão em pleno funcionamento, e permitir atender “toda a demanda de energia elétrica dos prédios licitados e dos prédios que estão em construção no local”.

                 Os prédios que estão em atualmente em funcionamento são o do IESB (Instituto de Estudos em Saúde Biológicas), o do IEDAR (Instituto de Estudos em Desenvolvimento Agrário e Regional) e do ICH (Instituto de Ciências Humanas) que foram, simbolicamente, inaugurados, na última quinta-feira, dia 04, pela manhã, em solenidade presidida pelo reitor pro tempore, professor doutor Maurílio de Abreu Monteiro, acompanhado de diretores dos institutos, professores, técnicos administrativos e universitários.

                     As obras de energização dos prédios foram concluídas em 17 de novembro passado, pela CELPA, companhia responsável pelo serviço, e novos reparos foram feitos durante as semanas seguintes.A Subestação de 150 KVA que existia anteriormente foi reinstalada para alimentar os prédios do ILLA e do Laboratório de Agronomia, construído ao seu lado. Para os prédios do IDES e do IEDA, bem como o  prédio que abriga provisoriamente a Reitoria e a parte administrativa da Unifesspa, foi adquirido um transformador de 225 KVA, que tem “potência suficiente para atender a necessidade de energia elétrica”, informa o engenheiro Dhonny Lima da Silva, Coordenador de Manutenção Elétrica da Unifesspa.

                       A obra foi realizada por meio de contrato com a empresa Sinetel – conforme a Ata de Preços 83/2013 - adesão da UFPA, vem desde o dia 01/10/2014 realizando manutenções elétricas nos Campi I, II e III (esta última também conhecida como Cidade Universitária), atendendo os mais variados setores como a Faculdade de Geografia, FACEEL, FAGEO, ICE, IGE, IEDAR, Centro de Registro Acadêmico, Coordenação de História, Vice Reitoria, Diretoria de Almoxarifado e Patrimônio entre outros.

 Nos últimos 2 meses, a Diretoria de Infraestrutura da Unifesspa realizou inúmeros serviços. Destaque para no Campi I :

 - A troca de reatores, luminárias, lâmpadas e tomadas de todas as salas de aulas e algumas salas administrativas;

 - Instalações de novos circuitos para tomadas e conserto de instalação elétrica de Ar condicionado;

 - Conserto de toda a iluminação das passarelas e externa do Campi.

- Conserto e modernização elétrica do sistema de Bombas d' água.
- Reparo de toda a iluminação do Tapiri.

No Campi II, ocorreram a:

  - Troca de reatores, luminárias, lâmpadas e tomadas de boa parte das salas de aulas principalmente do IGE, e algumas salas administrativas; 

   - Instalações de novos circuitos para tomadas e conserto de instalação de Ar condicionado;
    - Conserto de toda a iluminação externa do Campi.
     - Conserto e modernização elétrica do sistema de Bomba d'agua do Prédio Reuni e ICE.
   - Modernização do sistema interno de distribuição do campi, com  instalação de 360 metros de rede spacer e implantação de Postes, e ainda para este ano estar prevista a instalação de 1 Transformador de 225 KVA e dois QGBT (1 de 150 KVA e outro de 225KVA) novos e modernos para atender a demandar de carga de todo o Campi.

      -Reparo de toda a iluminação do Tapiri e instalação de novas tomadas para atender principalmente a comunidade acadêmica que ali frequenta.

 No Campi III (ou Cidade Universitária) ocorreram as:

 - Instalações de novos circuitos para tomadas - IEDAR e instalação de Quadro de Distribuição e tomadas para laboratório de informática do PDTSA.

 - Instalação de Tomadas;

 - Instalação de refletores  para melhoria do sistema de iluminação no entorno do prédio sede da Administração Superior.

 

0
0
0
s2sdefault
registrado em:
Fim do conteúdo da página