Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

GTranslate

pten

Opções de acessibilidade

 
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Xinguara: Professores do curso de História organizam livro sobre a Amazônia Oriental Brasileira

  • Publicado: Quarta, 20 de Março de 2019, 11h20
  • Última atualização em Quarta, 20 de Março de 2019, 11h36
  • Acessos: 579

livroProfessores do curso de História do campus da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) em Xinguara, são responsáveis pela a organização de uma coletânea sobre a Amazônia oriental brasileira, lançada recentemente.

A publicação é resultado de três anos de pesquisas realizadas pelos professores Lucilvana Ferreira Barros e Roberg Januário dos Santos, por meio de projetos de pesquisa e ensino desenvolvidos a partir de editais vinculados à Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (Proeg) e a Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Propit) da Unifesspa.

O livro traz uma série de importantes trabalhos sobre uma área da Amazônia brasileira ainda em processo de definição conceitual e de conhecimento sobre sua formação territorial e identitária, a saber a Amazônia Oriental, visto situar-se em um espaço de fronteira.

A ideia primária de produzir um material sobre a história da região partiu do projeto de ensino Novas Perspectivas para o ensino de História local e regional em Xinguara: diálogos entre a Universidade e a educação básica, iniciado em 2016, no âmbito das escolas municipais de Xinguara e esteve ancorado no grupo de pesquisa Núcleo de Estudos Culturais em História, Historiografia e Ensino de História da Amazônia, liderado pelos organizadores da obra.

Publicado pela editora paranaense CRV, o livro conta com dez capítulos distribuídos em três eixos temáticos principais: História, região e ensino; Migração, fronteira e a luta pela terra no sul e sudeste do Pará; História, inclusão e resistências.

Segundo a prefaciadora da obra, a Profa. Dra. Magda Ricci, do Programa de Pós-Graduação em História da UFPA, “é preciso sair da atual ‘colcha de retalhos’ de uma historiografia amazônica que – na maioria esmagadora das vezes – denomina genericamente de “Amazônia” povos e gentes de espacialidades e identidades muito diversas e que toma o litoral pelos sertões e o Oriente pelo Ocidente. Entender a diversidade em sua espacialidade identitária é um grande desafio contemporâneo e esta coletânea começou muito bem este enfrentamento. Resta todos os leitores apreciar este feito”.

Para o apresentador do livro, o Prof. Dr. Pere Petit, também do Programa de Pós-Graduação em História da UFPA, “os capítulos da coletânea são um excelente exemplo da importância dos trabalhos produzidos por alunos/professores/pesquisadores das universidades públicas brasileiras para a melhoria da educação básica, ensino médio, graduação e pós-graduação”.

A obra

Com a colaboração de especialistas vinculados à Unifesspa, UEPA e ao IFAL, o livro traz as temáticas: Historiografia e diálogos acerca do conceito de Amazônia Oriental Brasileira; Imagens e representações da Amazônia Oriental Brasileira: repensando o ensino de história local e regional no Sul do Pará; O separatismo Paraense: a tentativa de criação do Estado do Carajás (1984 – 1992); Transamazônica: reflexões sobre um projeto de alargamento da fronteira interna; As fontes paroquiais e o estudo da migração para o Sul do Pará (1978 – 2016); entre outras.

Interessados podem adquirir a obra aqui

0
0
0
s2sdefault
registrado em:
Fim do conteúdo da página