Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

GTranslate

pten

Opções de acessibilidade

 
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Unifesspa contribui através do Fórum de Reitores no avanço da pesquisa na região Norte

  • Publicado: Segunda, 11 de Junho de 2018, 11h46
  • Última atualização em Segunda, 11 de Junho de 2018, 16h10
  • Acessos: 332

Destaque do Fórum de Reitores da Região Norte A Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) vem se destacando no cenário nacional contribuindo significativamente para o avanço da pesquisa na região norte do país.

Com protagonismo em todo esse processo, já que muitas das propostas que compuseram a “Carta de Rio Branco” foram sugeridas pelo gestor da universidade à época, Renato Francês. Posteriormente, no Fórum de Reitores da Região Norte de Manaus, em 2017, o atual reitor da Unifesspa, Maurílio Monteiro, propôs a ampliação da abrangência dos editais a todos os Programas de Pós-Graduação (PPG) com nota 3 (e não somente aqueles que foram avaliados e receberam conceitos 3, em dois ciclos de avaliação consecutivos, como originalmente havia sido definido).

Essa mudança possui um efeito prático e importante no sentido de ampliar a participação dos PPG da Amazônia. Por exemplo, na Unifesspa, essa mudança proporciona a participação de todos os PPGs acadêmicos e não apenas do Programa de Pós-Graduação em Dinâmicas Territoriais e Sociedade na Amazônia (PDTSA), como seria a partir da aplicação da regra original.

Além do Procad-Amazônia e PVNS-Amazônia, a atuação da Comissão Permanente já obteve algumas outras conquistas para a região, tais como a oferta de 554 cotas de bolsas adicionais para região Norte, ao final de 2017; a instituição da Portaria n. 86, de 19 de abril de 2017 - que institui mais uma instância recursal às decisões do CTC-ES junto à presidência da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes); mudança nas regras dos editais de Dinter e Minter 2018, tornando muito mais flexíveis e factíveis as ofertas de cursos de mestrado e doutorado interinstitucionais.

A última reunião da Comissão Permanente da Capes e do Fórum de Reitores da região Norte foi realizada no último dia 05 de junho, na sede da Capes, em Brasília.

O presidente da Capes - Prof. Abílio Baeta Neves, apresentou como pauta os mais recentes editais do Programa Nacional de Cooperação Acadêmica na Amazônia (Procad-Amazônia) e do Programa Professor Visitante Nacional Sênior na Amazônia (PVNS-Amazônia), duas novas iniciativas da Capes para reduzir assimetrias acadêmicas regionais, além do início de tratativas para uma possível cooperação Brasil/Alemanha (Capes/DAAD) - exclusiva para as Instituições de Ensino Superior da Região Norte.

O Procad concede cerca de R$ 93 milhões para projetos que proponham a formação de redes de cooperação acadêmica entre diferentes IES na região. Já o PVNS prevê por volta de R$ 15 milhões para bolsas voltadas a professores-pesquisadores de consagrado mérito científico e reconhecida experiência acadêmica lecionarem em outras IES por tempo determinado.

Ambos os editais fazem parte de um conjunto de reivindicações materializado na "Carta de Rio Branco", 2016, iniciativa conduzida pelo Fórum de Reitores da Região Norte.

A pró-reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação Tecnológica, Profa. Dra. Cindy Stella Fernandes participou pela primeira vez do Fórum de Reitores da região Norte e, na ocasião, explanou sobre os avanços da Unifesspa nas ofertas de programas de pós-graduação na região.

Para obter mais informações acerca dos editais é só acessar os links: Procad-Amazônia: http://www.capes.gov.br/bolsas/programas-especiais/procad-amazonia. E do PVNS-Amazônia http://www.capes.gov.br/bolsas/bolsas-no-pais/pvns 

0
0
0
s2sdefault
registrado em:
Fim do conteúdo da página