Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

GTranslate

pten

Opções de acessibilidade

 
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Comitê Gestor discute estratégias para fortalecimento das licenciaturas

  • Publicado: Quarta, 04 de Outubro de 2017, 17h25
  • Última atualização em Quinta, 05 de Outubro de 2017, 11h20
  • Acessos: 1002

CGL 0020Professores e técnicos administrativos da Unifesspa que integram o Comitê Gestor Institucional de Formação Inicial e Continuada de profissionais no Magistério da Educação Básica (COMFOR) se reuniram, na tarde desta quarta-feira (4), para avançar no debate sobre ações voltadas ao fortalecimento das licenciaturas da Unifesspa.

O reitor da Unifesspa, Maurílio Monteiro, conduziu a reunião destacando o compromisso institucional da Universidade com esta pauta, que segundo ele, é fundamental para interferir nos indicadores de qualidade da educação básica em Marabá e Região, diminuindo as assimetrias em relação ao restante do país.

Para destacar a relevância do tema, o reitor apresentou dados estatísticos que revelam o nível de defasagem do ensino em disciplinas como português e matemática, em que alunos do sul e sudeste do Pará estão muito abaixo da média nacional. “Os números monstram que essa região é praticamente exceção no país e é preciso interferir nesse quadro. Esse é o nosso objetivo neste comitê e nosso compromisso institucional”, afirmou o reitor.

Professores e técnicos contribuíram no debate, apresentando outras pesquisas e dados estatísticos do MEC que reforçam a necessidade de ações concretas para o fortalecimento das licenciaturas. “Tenho pesquisado a área da Geografia e temos observado que 69% dos professores que atuam em Marabá não possuem graduação em Geografia. Isso é sério e preocupante”, alertou o professor Marcelo Gaudêncio.

O professor Erinaldo Cavalcanti também problematizou o tema com apresentação de dados do Ideb 2016 de Marabá. Na classificação do IDeb, mais da metade das escolas estão em estado de atenção porque ou teve queda no IDeb ou não atingiu a meta; 18% estão em estado de alerta. Ao longo da reunião foram apresentadas várias sugestões e encaminhamentos a exemplo da discussão sobre os Projetos Políticos Pedagógicos dos cursos de licenciatura e a possibilidade de um currículo básico para as licenciaturas; a necessidade de construção de um espaço mais amplo de debate, ouvindo inclusive as demandas da comunidade externa, analisando o perfil dos egressos; e estratégias para uma maior interação entre as licenciaturas na Unifesspa.

A próxima reunião ficou marcada para o dia 30 de outubro, ocasião em que serão apresentadas as propostas concretas para uma agenda de ações que visem a maior interação entre as licenciaturas da Unifesspa e da Universidade com a Educação Básica na Região; e a revisão do Projeto Político Institucional (PPI) da Unifesspa, com a identificação de pontos ausentes relacionados a ações institucionais voltadas à educação básica

A reunião também discutiu outras itens da pauta como a portaria 158/2017, que dispõe sobre a participação das Instituições de Ensino Superior nos programas de fomento da Diretoria de Formação de Professores da Educação Básica. 

Integram o Comitê Gestor Institucional de Formação Inicial e Continuada de profissionais no Magistério da Educação Básica (COMFOR) os seguintes membros:Maurílio de Abreu Monteiro, Denilson da Silva Costa, Tarciso Silva de Andrade de Filho, Amintas Lopes da Silva Júnior, Fabio dos Reis Ribeiro de Araújo, Maria Liduina das Chagas, Franco Jefferds dos Santos Silva, Ana Clédina Rodrigues Gomes, Ellen Mayara Pereira Leite, Vanja Elizabeth Sousa Costa, Lucelia Cardoso Cavalcante Rabelo, Maria Celia Vieira da Silva, Rodrigo de Almeida Muniz, Marcelo Gaudêncio Brito Pureza, Cloves Barbosa, Erinaldo Vicente Cavalcanti, Ronaldo Barros Ripardo, Narciso das Neves Soares, Adriano de Araújo Gomes, Edney Ramos Granhen, Sheila Maysa da Cunha Gordo, Ulisses Brigati Albino, Eliane Pereira Machado, Patricia Aparecida Beraldo Romano, Francisco de Fátima da Silva, Dirlenvalder do Nascimento Loyolla, Teofilo Augusto da Silva, Cinthya Marques do Nascimento, Ednaldo Candido Moreira Gomes, Lucilvana Ferreira Barros, Luciene Santana de Souza, Rodrigo do Monte Gester, Luiz Moreira Gomes, Austria Rodrigues Brito e Gilson Penalva.  Também deverão integrar o Comitê representantes da Educação Básica em Marabá e Região. 

0
0
0
s2sdefault
registrado em:
Fim do conteúdo da página